Tag: mundo

Londres, a cidade da Realeza por Ana Araújo

outubro 22
1 Comment

Hoje nosso post de viagens, esta mais que especial. O Receita de Noiva convidou  Ana Araújo, para trazer dicas e fotos especiais para as noivas que pretende passar lua de mel em Londres.

O post ficou incrível, e já estou querendo conhecer essa cidade encantadora. Ana vai contar um pouco de sua experiências e os lugares que ela mais gostou.

 Os 15 lugares que você não pode deixar de conhecer

1- Buckingham Palace

Palacio de Buckingham

Esse incrível palácio de 775 cômodos é a residência oficial da família real britânica. Mas atenção: se você faz muita questão de visitar o palácio, verifique a disponibilidade no site, pois ele não é aberto a visitações durante todo o ano. Uma curiosidade para quem for: preste atenção na bandeira do palácio. Quando a Rainha está no Palácio, a bandeira é o estandarte Real; quando a Rainha não se encontra no palácio, a bandeira é a do Reino Unido.

Como chegar: Metro – Victoria; Green Park; Hyde Park Corner.

2 -St. Paul’s Cathedral

St. Paul’s Cathedral

 A Cathedral St. Paul’s foi onde a Princesa Diana de Wales e o Principe Charles de Wales se casaram. A catedral já foi destruída pelo grande incêndio de Londres (que teve inicio em uma padaria), mas foi reformada pelo arquiteto Christopher Wren. Ela é a sede do bispo de Londres.

Como chegar: Metro – St. Paul’s; City Thameslink; Blackfriars.

3- Parlamento Inglês/Palácio de Westminster

palacio-westminster

 Sede do corpo legislativo do Reino Unido e territórios britânicos ultramarinos. O parlamento é composto por duas câmaras, sendo a câmara alta denominada a Câmara dos Lordes, e a câmara baixa denominada a Câmara dos Comuns do Reino Unido. O Palácio de Westminster é um dos maiores Parlamentos do Mundo, e é la que se encontra o famoso Big Ben.

Como chegar: Metro – Westminster.

4- Victoria&Albert Museum

The John Madejski Garden

 Maior museu de artes decorativas e design, tendo uma coleção de 4,5 milhões de objetos. Alem disso, o museu tem um ambiente maravilhosos e é ótimo para ir tomar um café. A entrada é gratuita.

Como chegar: Metro – South Kensington.

5- London Eye

London Eye

 O London Eye é uma Roda Gigante de observação de Londres. Ela esta situada a beira do Thames River, tem 135 metros de altura. Dica: essa atração é extremamente disputada pelos turistas, vale chegar cedo ou marcar um horário certo para ir.

 Como chegar: Metro – Waterloo; Embankment; Charing Cross; Westminster.

6- British Museum

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Esse museu é um dos meus favoritos! Isso porque sou apaixonada pela historia do Egito, então esse museu foi um paraíso pra mim. Para terem uma idéia do quão especial ele é, a múmia da famosa rainha do Egito, a Cleópatra esta la. Juro que fiquei uma hora só na ala das múmias, eu acho isso sensacional. Mas não é só isso que tem la, o museu é tão grande que eu acredito que seja impossível ver tudo em um dia. Eu mesma não vi, fui direto para a ala egípcia e também grega, pois adoro mitologia e também amo a arquitetura neoclássica grega. O melhor de tudo é que a entrada deste magnífico museu é gratuita!

 Como chegar: Metro – Tottenham Court Road

7- Madame Tussauds London

Madame-Tussauds-London

Esse famoso museu de cera é sensacional, já tinha ido ao de NYC, mas nem se compara ao de Londres, mas isso é uma opinião super pessoal, já que eu sou apaixonada pela família real britânica. Algumas pessoas não gostam do museu, já eu acho fascinante. Os bonecos de cera são tão perfeitos que parecem ser reais.

 Como chegar: Metro – Baker Street. Dica: ao sair do metro, você vai encontrar uma estatua do famoso Sherlock Holmes.

8- Westminster Abbey

Westminster Abbey

Visitar esta abadia foi bem emocionante pra mim. Não só por ser magnífica, mas também por ter sido o local onde a Kate Middleton e o Príncipe William se casaram, e eu sou apaixonada por ela e por este casal. Também tem outros fatores, vários famosos, incluindo Isaac Newton estão sepultados lá.

Como chegar: Metro – Westminster.

9- Tower Bridge

Tower Bridge

 Eu acho que depois do Big Ben, esse é o meu monumento preferido de Londres. A arquitetura desta ponte é simplesmente magnífica! Quem assistiu o primeiro filme do Sherlock Holmes pode ver essa ponte em época de construção.

 Como chegar: Metro – Tower Hill/DLR – Tower Gateway/Riverboat – Tower Pier.

10- Kew Gardens

Kew Gardens

Para amantes da natureza, esse lugar é divino. Eu que não sou muito chegada em plantas e flores, me apaixonei pelo lugar. É possível ver também a presença de alguns animais. Esse Jardim Botânico é de propriedade da rainha, todos as plantas, flores, animais, tudo é dela. Nesse lugar eu também tive a melhor refeição da viagem toda!!!

Como chegar: Kew Gardens Station.

11- Windsor Castle

Windsor Castle

Esse maravilhoso castelo é a residência preferida da Rainha Elizabeth II, durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial, a família real se refugiou no Castelo de Windsor, pois o palácio de Buckingham estava sobre constantes ataques dos nazistas. O castelo fica fora de Londres, mas não é muito longe e nem difícil de chegar.

Como chegar: Trem – Windsor/Eton Central (35 minutos saindo de Paddington). Troca da Guarda: De abril ao fim de junho, a Troca da Guarda ocorre diariamente. No restante do ano, a cerimônia ocorre dia sim, dia não.

12- The Mall

The Mall london

  Apesar do nome, o The Mall não é um shopping e sim uma “avenida” onde ocorrem os principais eventos de Londres. É por la que os membros da família real passam para saudar o povo britânico em épocas comemorativas.

Como chegar: Metro – Charing Cross.

13- Regent Street

Regent Street

A Regent Street é uma rua parecida com a Oxford Street, ótima para compras, mas o que muda são as marcas. La você encontra grifes famosas como a flagship da Burberry (que é MARAVILHOSA), a loja da Apple, e ate mesmo a famosa marca de chocolates Godiva.

Como chegar: Metro – Piccadilly Circus; Oxford Circus.

14- Westfield London Shopping

Westfield London Shopping

Esse shopping é o maior que eu já vi em toda a minha vida! Ele é enorme. Não consegui conhecer tudo nele, pois estava com pressa e as únicas lojas que eu acabei indo foram a Pandora e a Kipling. Mas nesse shopping tem desde lojas populares ate as grifes de luxo.

Como chegar: Metro – Shepherds Bush Market.

15- Bicester Village Outlet

15- Bicester Village Outlet

 Infelizmente não consegui ir nesse outlet, mas só pelas lojas que tem nele, já da pra ter uma leve noção do quão bom ele é. Os descontos são de 60% nas melhores grifes do mundo! Vale a pena conferir. Eu fui em um da mesma rede, só que em Paris e eu amei!

Como chegar: Shopping Express (ônibus do outlet), partindo da estação de Marylebone para Oxfordshire.

Nossa amei todas as dicas, Ana arrasou, ela já prometeu mais um post falando da gastronomia Inglesa. Espero que vocês leitoras do Receita de noiva tenha gostado desse post de Londres <3

Fontes: Web

As tradições de casamento pelo mundo afora

agosto 7
No comments yet

Hoje decidi trazer algumas curiosidades do mundo de casamento, apesar de a importância da festa ser a mesma para todos, independente do lugar, as tradições e costumes mudam de acordo com o país e a região.

Então vamos conhecer 17 tradições pelo mundo, que vão muito além do vestido branco com o qual estamos acostumados.

receita de noiva

– Na Holanda, um pinheiro é plantado próximo a casa dos recém-casados. Esta árvore simboliza fertilidade e sorte.

– Na Colômbia as noivas prendem uma moeda na bainha do vestido para atrair fortuna, e não usam nenhum acessório que contenha pérolas. Isso se deve ao fato de a pérola ser considerada sinônimo de má sorte, devido ao seu formato lembrar uma lágrima.

– No Egito, a noiva é beliscada pelas convidadas no dia do seu casamento. É considerado um sinal de sorte.

– Os coreanos tem uma tradição bem peculiar e curiosa: o noivo presenteia a mãe da noiva com um ganso selvagem, vivo ou talhado em madeira. Os animais, considerados companheiros para a vida, simbolizam uma promessa de que o noivo cuidará da filha dela por toda a vida.

– Na França, a noiva leiloa a cinta-liga em um jogo chamado “Le jeu de la jarretiére (o jogo da cinta liga)” para arrecadar dinheiro. O vencedor ganha o direito de tirar a peça e levar para casa.

– No Marrocos, a noiva toma um banho de leite para se purificar antes de se tornar uma mulher casada. A cerimônia é conhecida como “Hammam”.

– No México, os amigos do noivo o conduzem pelo salão como se ele estivesse morto, cantando a marcha fúnebre.

– Na Índia, a noiva deve usar vermelho, nunca o branco. É que este está tradicionalmente relacionado a morte, de forma que apenas as viúvas o utilizam.

– No Egito e na Líbia, um casamento deve sempre ser precedido pela “ZAFFA”, que é uma comitiva de músicos e dançarinas do ventre que anunciam o casamento.

– Na Espanha, durante a cerimônia, o casal se presenteia com 13 moedas, chamadas de arras. Estas moedas representam a partilha de todos os bens que o casal vai ganhar no futuro.

– Na Hungria, sequestrar a noiva antes do casamento costuma ser uma tradição importante. Se alguém for capaz disso, é sinal de que o noivo não era digno da mão da pretendente.

– Na Itália, a chuva no dia do casamento simboliza sorte.

– No Congo, os noivos não podem sorrir durante toda a cerimônia. Isso significa que ambos estão levando o casamento a sério.

– Em Israel, quando o noivado é firmado, as mães dos noivos quebram um prato de porcelana, para lembrar que desfazê-lo é considerado um ato grave.

– Na China, os convidados dão aos noivos dinheiro vivo, e não presentes para a casa.

– Nas Filipinas, após o término do banquete, os noivos soltam dois pombos (treinados) no ar, um macho e uma fêmea, representando uma vida conjugal harmoniosa, pacífica e duradora.

– No Chile, as convidadas solteiras puxam fitas colocadas no bolo de casamento, que tem pequenos talismãs. Quem tirar o talismã, que é uma banda de casamento, será a próxima a se casar.

E você, acrescentaria algumas delas no seu casamento?